SA54S5A45S

Crenças Limitantes!

Ao longo de nossa vida, somos influenciados positiva e negativamente pelas pessoas a nossa volta, e pelas experiências do nosso dia a dia. Deste modo, vamos formando nossos modelos mentais e percepções de mundo, que nem sempre correspondem à realidade.

A gente nasce feito folha em branco. Desde a gestação vamos adquirindo experiências de vida, depois vem a educação recebida da família, as ideias transmitidas pelos professores, as nossas interpretações individuais e a convivência com os amigos. Isso tudo vai preenchendo essa folha com crenças.

E então o que são crenças limitantes? Quanto mais somos submetidos a experiências ruins, mais vamos acumulando mensagens mentais negativas sobre nós mesmos e demais pessoas. Na infância, se um pai diz a seu filho que ele é fraco e incapaz, muito provavelmente esta atitude sabotará sua autoestima e o deixará mais inseguro em suas ações.

Nossas crenças governam e determinam nossas ações, sim! São construídas de maneira inconsciente, porque muitas vezes, nós não parávamos para questionar aquilo que acreditávamos. Dessa forma, fomos nos tornando adultos e sem perceber o impacto negativo que algumas dessas crenças foram causando em nossa vida.

Somos adultos inseguros por causa disso. Não são os outros os culpados, não há culpados, o erro está em como reagimos diante daquilo que nos é repassado. Devemos ser mais observadores, só isso!

Quando temos uma decisão importante a tomar, por exemplo, nossas crenças atuam para o nosso bem ou para o nosso mal; tudo depende de como a usamos.

Vemos muitas pessoas que adiam suas ações porque acreditam que nunca conseguirão alcançar os seus objetivos mais desejados. Não se sentem capazes.

Muitas vezes preferimos acreditar que as nossas crenças é que são as corretas. Aí mora o perigo… enquanto não observar aquilo que é limitante em mim, eu não posso tomar decisões corretas em relação a outros. (vixi, será que essa frase é uma crença limitante minha?) Bem provável que sim, porque eu descobri na terapia, que tenho muitas. Infelizmente!

Mas decidi vir a público para repassar o que estou aprendendo sobre elas. Uma vez que identifico qual é a crença que me impede de entrar em ação, o próximo passo é encontrar a causa dela.

Encontrar a causa da crença limitante significa descobrir quais situações da vida que a crença foi desencadeada.

Buscar a causa pode ser muito útil no sentido de entender as emoções relacionadas à algum fato que nos impede de viver melhor. O intuito é analisar e não justificar ou culpar.

Muitas vezes nós pensamos não sermos capazes de realizar algo, porque não sabemos exatamente o que queremos… Já percebeu isso? É mais fácil conhecer o nosso alvo do que as barreiras emocionais que precisamos superar.

Ahhh, mas sabe o que eu aprendo de melhor? A buscar uma nova programação mental, pois quando passamos a ver o lado positivo e a trabalhar nossas habilidades, pontos de melhoria, e a focar em nosso melhor, as crenças limitantes vão diminuindo a cada dia. Deste modo, com certeza, estamos mais próximos de alcançar resultados extraordinários em tudo o que fizermos.

Ouse pensar diferente! Ouse ser diferente! Não somos limitados somos consciência. Expanda-se, prossiga e jamais regresse.

O que nos limita é o pensamento negativo.

Comments are closed.